Tecnologia para defender a pequena empresa mesmo com orçamento apertado

0
38
Tecnologia para defender a pequena empresa mesmo com orçamento apertado - BluePex - Blog do TI
Tecnologia para defender a pequena empresa mesmo com orçamento apertado - BluePex - Blog do TI

Tecnologia para defender a pequena empresa mesmo com orçamento apertado – BluePex – Blog do TI

Tecnologia para defender a pequena empresa mesmo com orçamento apertado - BluePex - Blog do TI
Tecnologia para defender a pequena empresa mesmo com orçamento apertado – BluePex – Blog do TI

Com as informações sobre segurança digital, inclusive as que produzimos aqui no Blog do TI, é possível entender que assegurar a segurança digital para o pequeno negócio não precisa de investimentos milionários, nem estratégias mirabolantes. Apenas de boas escolhas, adoção de melhores práticas e realização de investimentos inteligentes para serem duradouros.

Mas esta ainda não é a realidade em grande parte das empresas no Brasil. Uma recente pesquisa realizada pela consultoria internacional EY (Ernst & Young), identificou que mais de 70% das empresas entrevistadas no País indicam que as restrições orçamentárias são um desafio e 56% afirmam a necessidade de 50% a mais de investimento que o realizado atualmente.

Em outro dado alarmante 59%, ou seja, pouco mais da metade das empresas que responderam à pesquisa, sinalizam não haver qualquer disposição para aumentar os investimentos na prevenção aos ciberataques, mesmo que um de seus concorrentes seja atacado por malwares, phishing ou ransomware.

Soluções voltadas ao mercado brasileiro e que apresentam maior versatilidade e um ótimo custo x benefício serão sempre a melhor alternativa! O Firewall UTM, da BluePex, é uma destas opções. Item essencial para a infraestrutura da empresa, é o responsável pelo controle e a segurança da rede corporativa, trazendo em seu leque de recursos, benefícios importantes como o bloqueio de redes sociais e o aumento na velocidade dos sistemas ERP, CRM, VoiP e VPN.

Um ameaça constante e global

As opções de segurança à disposição dos empreendedores se mostram ainda mais necessárias quando comparadas aos riscos que a atividade cibercriminosa oferece a inúmeros setores, em todo mundo.

Ainda segundo a pesquisa da consultoria EY citada no início do post, no setor de tecnologia as principais fontes de ciberataques são as vulnerabilidades internas com funcionários descuidados em 69% dos casos e colaboradores mal intencionados em 46% das ocorrências. Já o crime organizado responde por 55% das ameaças externas, enquanto hackers são 46%.

Já no setor financeiro as principais fontes de ciberataques são o crime organizado que cometem 67% dos crimes virtuais com empresas desta indústria, enquanto os hackers representam 52% das ameaças externas. Já entre as vulnerabilidades internas o descuido de funcionários é culpado em 67% dos ataques e os colaboradores mal intencionados, 51%.

Em ambas as indústrias uma das ferramentas de contingência mais utilizadas pelas equipes de TI é o Disaster Recovery, usado em 54% dos casos de ataques para que as informações armazenadas em terminais e servidores (e até na nuvem), sejam recuperadas em casos de emergência, sem que o negócio precise parar por um incidente criminoso. Disaster Recovery também é um dos serviços da BluePex.

Isso significa que as ameaças, que antes eram um problema distante, são uma dificuldade real e que pode dificultar o dia a dia dos negócios a qualquer momento. Para quem se preparar e para isso pretende investir com inteligência, escolher as melhores opções do mercado e optar pelo melhor custo-benefício, capaz de ajudar o caixa das empresas, no entanto, nada disso será um problema.

Ainda com dúvidas? Fale com a BluePex®
Texto: Marketing BluePex®