Discussões podem levar a um novo passo na defesa cibernética do Brasil

0
59
Os ataques de ransomware como o WannaCry podem aumentar nos próximos meses - Blog do TI - BluePex
Os ataques de ransomware como o WannaCry podem aumentar nos próximos meses - Blog do TI - BluePex

Os ataques de ransomware como o WannaCry podem aumentar nos próximos meses - Blog do TI - BluePex

Discussões levam a novo passo na defesa cibernética do Brasil

Após um noticiário vasto sobre ataques bastante poderosos com o Ramsonware WannaCry do qual já tratamos em posts anteriores, aqui e aqui, é importante que os sistemas de defesa digital do nosso País também estejam preparados para conter ações globais organizadas de grupos criminosos.

Por este motivo que os debates entre profissionais, empresas e governos se faz necessária. A conectividade digital que utilizamos em nossa casa e trabalho, pode ser uma ferramenta útil e poderosa, caso não seja um espaço vulnerável onde as ameaças representam risco permanente.

Por razões como essas, as autoridades: SisDIA (Sistema de Defesa, Indústria e Academia de Inovação) e o DCT (Departamento de Ciência e Tecnologia) do Brasil, órgãos submetidos às Forças Armadas e ao MCTI (Ministério da Tecnologia, Comunicação e Inovação), discutem sistematicamente novas tecnologias e o desenvolvimento de barreiras contra ações hackers.

No início deste mês de junho, Brasília sediou o V Café da Inovação Tecnológica, encontro que reúne órgãos e empresas do setor de tecnologia e segurança da informação, assim como a BluePex, representada pelo CTO Ulisses Penteado, a fabricante brasileira apresentou resultados expressivos e cases de sucesso no combate aos males digitais.

Como pauta principal deste encontro: “expectativas e oportunidades de defesa cibernética”, um debate essencial para a proteção da economia. Considerando que diretrizes e protocolos nacionais de defesa cibernética contribuem para a segurança de toda a rede brasileira, deve ser garantido o bom funcionamento dos sistemas vitais para empresas de todos os tamanhos.

 

Atualização e qualidade

Ponto chave para a proteção de computadores, redes e servidores, a adoção e atualização de plataformas de segurança digital ajuda os pequenos negócios com orçamento limitado a proteger-se de ameaças que podem, inclusive, até acabar com a atividade, dependendo dos estragos causados por uma invasão ou vazamento de informações.

Por isso a qualidade dos serviços – além da atualização constante, já mencionada – são essenciais para proteção. Uma solução essencial como o UTM da BluePex, que permite proteção e controle da rede, por exemplo, realizar o direcionamento do tráfego ao que mais importa: ERPs, CRMs e VoiP e bloquear itens improdutivos ao como redes sociais. Redes VPN velozes e seguras é um item de série e essencial para comunicação corporativa.

A brasileira BluePex, é uma companhia que se mantém atualizada há vários anos e antecipar tendências a torna um modelo para o setor. Detentora de certificações que vão além do envolvimento no desenvolvimento de tecnologias junto às autoridades brasileiras. Conquistou certificações como o CERTICS, um reconhecimento expedido pelo MCTI (Ministério da Tecnologia, Comunicação e Inovação), criado para comprovar o desenvolvimento de tecnologia inovadora no Brasil.

Utilizando a rigorosa metodologia desenvolvida pelo Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer, A FACTI (Fundação de Apoio à Capacitação em Tecnologia da Informação) identifica o alto nível de inovação atingido pela BluePex.


Ainda com dúvidas? Fale com a BluePex®
Texto: Marketing BluePex®